As últimas 24 horas foram históricas para Gastón e para os gastoneses. Após se tornar membro da OMU (Organización de Micronaciones Unidas) no dia passado dia 23, ainda nessa data o Reino de Gastón firmou Tratado com o Estado Social de El Dorado, e menos de 24 horas depois foi a vez do Reino estabelecer Relações Diplomáticas com o Reino de Asturias através de um Tratado Bilateral de Amizade, Colaboração e Reconhecimento (DECRETO GR 5T – de 24 de Outubro de 2012).

No Tratado (em espanhol) assinado pelas micronações ficou estabelecido o reconhecimento mútuo dos Reinos como Estados soberanos e independentes, a legitimidade dos governos, a autoridade das instituições, a autonomia dos povos e a soberania territorial. Destaca-se também o estabelecimento de futuros acordos técnico-científicos, econômicos e culturais, assim como a abertura de uma embaixada gastonesa em Cangas de Onís capital de Asturias, e uma embaixada Asturiana em Nekane que terá como embaixador D. Xulio Andrade Asín.

O Reino de Asturias é uma Monarquia Parlamentarista que se tornou independente em 31 de Outubro de 2009. As suas principais cidades são: Xixón 276.854 habitantes, Avilés 82.487 habitantes, Pola de Siero 50361 habitantes, Langreo 44.973 habitantes e Mieres 43.867 habitantes.

Agência de Notícias do Reino de Asturias – Asturias XXI – anunciou na manhã desta quarta-feira que Asturias e Asturies Ocidental, apresentaram uma proposta conjunta para se juntar ao Conselho de Segurançada OMU (Organización de Micronaciones Unidas) cuja eleição ocorrerá dentro de alguns dias no processo de taxas de renovação, uma vez concluída a sua legislatura bianual.

Ficam aqui desde já os votos de boa sorte de Gastón e dos gastoneses para a concorrência de Asturias ao cargo no Coselho de Segurança da OMU.

Comentários

comentários