MONTE LÍBANO FC É CAMPEÃO DA COPA ESCORVANESA

    O Campeão da Copa Ishkur (Copa Nacional) foi o Monte Líbano FC que finalizou com chave de ouro sua campanha e mostrou ser o maior Clube de Futebol do Oriente.

    No dia 14 de março iniciou os jogos da primeira Copa de Futebol da Ásia, o Monte Líbano FC enfrentava em Casa ( Estádio Nova Beirute) o time do Emirado da Jordânia e Damanistão (FC Dammam).

    Os escorvaneses lotaram o Estádio em Beirute na Governadoria do Líbano, o público pagante foi de 12.794 com 5 gols do Monte Líbano FC e 2 do FC Dammam.

    Dados da Copa Ishkur

    Segundo jogo – Monte Líbano FC e FC Buraidah

    Data: 17/03/2018

    Público pagante: 10 794

    Local: Estádio Buraidah – Província  de Latakia

    Monte Líbano FC 2 x 0 FC Buraidah

    Terceiro Jogo – Monte Líbano FC e Sporting Jeddah

    Data: 20/03/2018

    Público pagante: 6 543

    Local: Estádio Nova Beirute – Governadoria do Líbano

    Monte Líbano FC 3 x 1 Sporting Jeddah

    Sétimo Jogo – Monte Líbano FC e FC Medina

    Data:01/04/2018

    Local: Estádio Medina – Cidade de Medina

    Público pagante: 9 794

    Monte Líbano FC 4 x 2  FC Medina

    Décimo e terceiro jogo – Monte Líbano FC e City Mecca

    Data: 19/04/2018

    Local: Estádio Mecca – Cidade de Mecca

    Público pagante: 9 594

    Monte Líbano FC 4 x 1 City Mecca

    Décimo e quinto jogo – Monte Líbano FC e United Mecca

    Data: 25/04/2018

    Local: Estádio Hada ash Sham

    Público pagante: 9 594

    Monte Líbano FC 6 x 1 United Mecca

    Penúltimo jogo – Monte Líbano FC e Sporting Buraidah

    Data: 01/05/2018

    Local: Estádio Sporting Buraidah – Emirado da Jordânia e Damanistão

    Público pagante: 9 594

    Monte Líbano FC 1 x 1 Sporting Buraidah

    Final da Copa Ishkur

    O último jogo do Monte Líbano FC foi em Casa contra o time de Dubai ( Emirates FC), Clube fundado pelo Príncipe Kléber do Brazil.

    Os dois Clubes jogaram uma ótima final no dia 4 de maio, apesar do empate (1 x 1 ) os 6.304 escorvaneses presentes estavam satisfeitos com aquele final histórico que fez valer toda a campanha do Monte Líbano FC.

    Campanha do Monte Líbano FC

    Jogos: 18

    Gols: 52

    Gols sofridos: 25

    Vitórias: 13

    Derrotas: 1

    Empate: 4

    Pontos: 43

    Fundador: Abbas Hamurabi Al Feres

    Bola de Ouro e Luva de Ouro

    O jogador que recebeu “Bola de Ouro” no campeonato foi  Nasser Al-Harbi, nascido em 13 de março do ano de 1993. Al-Harbi é Ponta de Lança e marcou12 gols para o Monte Líbano FC.

    O melhor goleiro do campeonato foi Elishay Levita que recebeu “ Luva de Ouro”, Levita participou de 13 jogos pelo Monte Líbano FC.Moradores de Raiab, cidade de Al-Harbi ficaram felizes em terem um jogador famoso na localidade, o salário do atleta é de R$ 2,700 Ryais.

    O escudo do Clube ( Monte Líbano FC) tem em seu centro o Cedro do Líbano e teve colaboração de Irina Sopas uma empresária do Reino de Gastón.   O goleiro é de Haifa que fica na Governadoria de Israel, Levita recebe um salário de R$ 2,000 Ryais.

    Fonte: http://jornalhussein.blogspot.pt/

    Leia mais...

    ESCORVÂNIA E GASTÓN – RECEBEM CIDADÃOS DE ANGOLA, PORTUGAL, ITÁLIA E COLÔMBIA

    Acordo Cidadão entre o Reino Semita da Escorvânia e o Reino de Gastón

    No dia 12 de Janeiro do ano de 2018 foi assinado o ACORDO CIDADÃO ENTRE O REINO SEMITA DA ESCORVÂNIA E O REINO DE GASTÓN RELATIVO À SUPRESSÃO DOS CONTROLES NAS FRONTEIRAS (http://escorvaniagov.wixsite.com/escorvania/arquivo-nacional-), logo após vários esforços foram realizados entre o governo de Gastón e Escorvânia, provando que relações entre anglofonia e lusofonia podem ser proveitosas e que estes dois países levam o hobby com seriedade.

    Câmara do Comércio Escorvano-Gastonesa

    Em Dubai ( Reino da Escorvânia)  no mesmo mês em que assinaram o Acordo Cidadão os empresários Escorvano-gastoneses fundaram a Câmara do Comércio Escorvano-Gastonesa (http://stock.reinodegaston.com/cceg/) que tem como objetivo principal fomentar o estreitamento dos laços comerciais entre a Escorvânia e Gastón, contribuindo para a geração efetiva de negócios entre empresas e empresários escorvaneses e gastoneses.

    Escorvaneses recebem cidadania gastonesa     No dia 29 de janeiro o Gabinete do Grão-Vizir Suleyman Al Husseinapresentou ao governo de Gastón os dados e registros de empresas ativas na Escorvânia, este trabalho contou com ajuda do Ministério da Economia.

    De Nekane ( Capital de Gastón) Piedade Sopas que é Ministra do Interior no país ibérico assinou o Decreto MI – de 14 de fevereiro de 2018 que conferiu cidadania aos escorvaneses ativos (http://diario.reinodegaston.com/dorg-no-0004mi/).

    Gastoneses recebem cidadania escorvanesa

    No dia 15 de abril Sua Majestade o Kfah Abbas I assinou o Decreto Real – 003/2018em Belen ( Capital da Escorvânia) que conferiu cidadania aos gastoneses e fez valer o Acordo assinado em 12 de janeiro (http://arquivodaescorvania.blogspot.com.br/2018/04/decreto-real-0032018-cidadania.html).

    Presença escorvanesa em Gastón

    Os escorvaneses de cidadania macro brasileira marcam sua presença no país anglófono em várias regiões de Gastón.

    Segue informações elaboradas pela JEC – Jerusalém Eventos e Consultoria do dia 19 de março do ano de 2018.

    Lisardo é a segunda região com maior presença escorvanesa, segundo dados do governo gastonês o local é rico em negócios.

    Presença gastonesa em Escorvânia“O Condado é um dos centros científicos, econômicos e governamentais de Gastón. Tem sua atenção voltada para negociações, bancos, indústrias e navegação. É também um importante centro para a indústria marítima e tratados marítimos na Europa. A sua capital é o “lar” de muitas empresas voltadas para o setor marítimo, algumas delas sendo umas das maiores do mundo”. Governo de Gastón

    Foram cerca de 15 cidadanias gastonesas para escorvaneses e 17 cidadanias escorvanesas para gastoneses (http://arquivodaescorvania.blogspot.com.br/2018/04/decreto-real-0032018-cidadania.html), somando até o momento 32 cidadanias escorvano-gastonesas.Os gastoneses são de várias nacionalidades macro, dentre elasangolana, italiana, brasileira, portuguesa e colombiana. Como de costume escorvanês todos receberam um clã e nome de origem árabe ou israelense.

    Seguem informações elaboradas pela JEC – Jerusalém Eventos e Consultoria do dia 27 de abril do ano de 2018. 

    Na Região Central da Escorvânia conhecida como Hatay é onde os gastoneses estão em maior número.

    “Raiab foi fundada em 24 de junho do ano de 2015, é uma cidade futurista, rica em educação e oportunidades”. S.A Alya Al Feres Prefeita de RaiabOs gastoneses de origem macro italiana, angolana, portuguesa, colombiana e brasileira fixaram residência na Cidade de Raiab.

    “Raiab era conhecida pelo Império Otomano como Süveydiye”. Presidente do Conselho Regional da Cidade -Abdallah Al Hussein

    O Reino Semita da Escorvânia possui boas relações com micronações dahispanofonia também, vale lembrar do Tratado assinado com o Império de Akramah, projeto localizado macro no Panamá.

    Com estes avanços e atividades entre Gastón que é representante daanglofonia e região europeia, bem como da Escorvânia um projeto semita e representante legitimo do orientalismo na lusofonia, nós temos certeza que ambos os povos são beneficiados.

    Fonte: http://jornalhussein.blogspot.pt/

    Leia mais...

    HOTEL DE LUXO PARA CÃES NA ÍNDIA

    No primeiro hotel de luxo para cães do sul da Ásia, os “cachorrinhos” são tratados como sultões:  SPA, veterinário, cama fofa  e cerveja sem álcool importada.  Este “Paradis” existe e seu nome é Critterati, localizado em Gurgaon, cidade satélite de Nova Delhi.

    Neste Hotel de Luxo os donos dos animais são chamados de “pais”, o cachorrinho por lá hospedado tem direito de acessar o bar, desfrutar da piscina, pet shop e massagens ayurvédicas.

    O hotel indiano possui suítes que custam até US$ 70 por noite, este “Paradis” para cães é um canil de alto padrão, com conforto superior ao encontrado em qualquer outro lugar, segundo informações  da The Indian Express.

    A maior suíte do Critterati oferece uma cama gigante com cabeceira coberta de veludo, televisão e varanda privada.

    O cão pode degustar no Menu do bar pratos com frango, arroz, muffins, panquecas, bacon e sorvetes.

    O Hotel Critterati faz parte do crescente fenômeno  da classe média indiana pelos animais de estimação.

    Os “pais” ao fazer o check-in de seus cachorrinhos preenchem um formulário para que os funcionários do Hotel tenham conhecimento dos mimos prediletos de seus hospedes, entre eles se preferem carinhos ou abraços.

    A decoração representa os cães que vivem em um mundo de ostentação. Logo na  entrada, há um quadro de um cão de caça com um cachimbo, colares de pérolas e pingentes em forma de osso.

    E você micronacionalista, cuida bem do seu pet?

    Nós da Equipe do Escorvânia Press e Central de Notícias do Reino de Gastón pensamos também na saúde de seu animal de estimação, mesmo que você não tenha condição de levá-lo em um hotel parecido com o Critterati, existem cuidados que podem melhorar  a qualidade de vida do seu amado pet.

    Confira abaixo 10 dicas da veterinária Ana Paula Teixeira da Silva.

    1. Proteção
    É dever do proprietário proteger seu animal do sol e da chuva, além de impedir que os bichinhos fujam ou saiam sozinhos na rua. Assim, evitamos brigas, atropelamentos, envenenamentos e crias indesejáveis.

    2. Alimentação
    Oferecer sempre uma ração de boa qualidade, respeitando as características de cada animal e faixa etária (ração de filhote, adulto e idoso). E sempre disponibilizar água limpa e fresca.

    3. Castração
    A castração é sempre aconselhável quando não se quer um filhote. Com isso, evitamos superpopulação, abandonos, doenças uterinas, neoplasias (câncer), doenças prostáticas, agressividade e marcação de território.

    4. Passeios e brincadeiras
    Animais também precisam de atenção e carinho. Por isso, é necessário passear regularmente com os cães e brincar com brinquedos. Desse modo, estimulamos tanto a parte física quanto a psicológica, ajudando a prevenir doenças causadas por estresse e obesidade.

    5. Vacinação
    Cães e gatos possuem um esquema vacinal de acordo com sua espécie e características individuais. Geralmente, a vacinação é anual e só pode ser realizada por um médico veterinário. As vacinas previnem doenças graves que podem levar o animal à morte, bem como doenças que podem ser transmitidas para os humanos (zoonoses).

    6. Controle de parasitas 
    Os donos ainda devem ficar atentos com infestações de pulgas e carrapatos, que podem transmitir doenças graves para os animais e humanos.

    7. Vermífugos
    Assim como as vacinas, os vermífugos são muito importantes, pois os parasitas intestinais (vermes) podem comprometer a saúde dos animais, levando ao emagrecimento, à queda de pelos, anemias e zoonoses.

    8. Higiene bucal
    Cães e gatos também precisam escovar os dentes, mas com produtos veterinários específicos. Doenças periodontais, além de causar o desagradável mau hálito, prejudicam a alimentação, causam dor e as bactérias da boca podem se desprender e causar lesões em outros órgãos.

    9. Banhos e escovação
    Nos cães, o ideal é dar banho a cada 15 dias. Já nos gatos, este intervalo deve ser maior. Os banhos devem ser com produtos veterinários e com mínimo de estresse possível. Durante estes momentos, você observa melhor seu animal e, assim, pode notar algo diferente ou errado.

    10. Visitas ao veterinário
    É de grande importância realizar, pelo menos, uma vez ao ano uma consulta com o veterinário. Muitas doenças podem ser evitadas com a prevenção. Esteja sempre atento a qualquer mudança de comportamento ou hábito do seu animal, pois isso pode sinalizar doenças.

    Fonte: http://indianexpress.com/

    Leia mais...

    QUEM CASAR COM DALIT "INTOCÁVEL" NA ÍNDIA RECEBERÁ SALÁRIO

    O Governo indiano deseja pagar por casamentos mistos, com objetivo de curar uma triste ferida social. Importante ressaltar que a casta mais pobre do país, a Dalit, não chega a ser considerada de fato uma casta e seus membros são chamados de intocáveis.

    O Governo está a desenvolver um esquema de pagamentos para incentivar os hindus a casarem com os  "intocáveis". O site do jornal Observador publicou, que o Ministério da Justiça Social anunciou que todos os casais em que um dos membros seja Dalit irá receber um salário subsídio.

    O sistema de castas ainda existe na Índia e forma uma divisão social entre os hindus. A divisão é entre Brahmins, Kshatryas, Vayshias, Shudras, e no fim da pirâmide, os Dalit que são jogados para fora do sistema.

    A Aliança dos Países do Oriente Mandala informou ao Escorvânia Press, que segundo o Jornal The Guardian a medida já existe desde 2013, e foi introduzida com esperança de acabar com o estigma e sofrimento dos Dalit.

    A Constituição do país decretou oficialmente, o fim da discriminação contra os Dalit, mas ainda alguns indianos permanecem neste costume. O governo indiano prevê que existam cerca de 500 casamentos, entre outras castas de hindus e Dalit anualmente, mas o número ainda é preocupante.

    Fonte: https://www.theguardian.com/

    Leia mais...

    AUMENTO DE MULHERES EMPRESÁRIAS NA ARÁBIA SAUDITA

    Fonte: Saudi Gazette

    Na Arábia Saudita as mulheres representam 39% do número total de empresários do Reino, um aumento de 35% nos últimos 10 anos, de acordo com o relatório publicado pela Al Eqtisadiah e divulgado pela Arab News nesta semana.

    De acordo com estatísticas oficiais apresentadas para a World Entrepreneurship Day, o número de empresárias sauditas cresceu significativamente de 2007 a 2017, de 4% para 39%, graças ao apoio governamental e privado.

    Em 25 de novembro, o Prince Mohammad Bin Salman College of Business and Entrepreneurship (MBSC) organizou atividades do World Entrepreneurship Day, fornecendo seminários e palestras educativas para capacitar as mulheres em todo o mundo.

    A resistência feminina aos poucos vai tomando espaço no mercado do Reino, e ganhando direitos defendidos por ativistas na Europa e América Latina.

    Al Eqtisadiah responsável pelo relatório é conhecida como "The Financial Times of Saudi Arabia", e seu público-alvo é de empresários.

    Fonte: http://www.arabnews.com/

    Leia mais...

    14ª EDIÇÃO DO FESTIVAL DE CINEMA DE DUBAI

    Segundo informações da Aliança dos Países do Oriente-Mandala, a 14ª edição do Festival Internacional de Cinema de Dubai ocorre de 06 a 13 de dezembro com exibições em diversos locais da cidade, como a Arena Madinat, o Teatro Souk Madinat, a praia de Jumeirah.

    O festival apresentará 121 filmes em 35 idiomas. Serão 24 gêneros, entre eles, comédia, documentário, alegoria, animação, drama e fantasia. A mostra contará com 8 categorias como Cinema Internacional, Noites Árabes, Longa-metragem, Curta-metragem e Filmes Infantis, entre outras.

    Entre os longas internacionais, estão o drama argentino "Temporada de Caça"; o filme de fantasia do aclamado diretor mexicano Guillermo del Toro, "A Forma da Água"; e o documentário americano "Super Size Me 2: Holy Chicken", sequência do sucesso de Morgan Spurlock.

    O evento realizado pelo governo de Dubai oferecerá 16 prêmios em diversas categorias, incluindo o Jovem Jornalista e o Jovem Animador.

    Para mais informações e compra de ingressos, acesse www.dubaifilmfest.com.

    Leia mais...

    PRÍNCIPE SAUDITA DIZ "EU SIMPLESMENTE NÃO ACREDITO NESSA COISA DE BITCOIN"

    Alwaleed Bin Talal

    Um príncipe saudita, Alwaleed Bin Talal acredita o bitcoin "vai implodir" devido à falta de supervisão reguladora. Apesar de ser um investimento atrativo, alguns empresários tradicionais continuam céticos quanto a nova classe de ativos.

    Segundo informações da CNBC, o bilionário, cujo conglomerado Kingdom Holding detém grandes participações no Citigroup, Apple e Twitter disse: "Simplesmente não faz sentido e acabará levando o ativo a implodir."

    O príncipe Talal, sugere que o mercado de criptomoedas está em uma bolha e disse que sua iminente implosão seria parecida com o escândalo de fraude da Enron, que viu o preço das ações da empresa cair de US$ 90 a centavos em meses. "Eu simplesmente não acredito nessa coisa de bitcoin. Só acho que vai implodir um dia. O mesmo que aconteceu com a Enron".

    Fonte: https://www.cnbc.com/

    Leia mais...